Viola da Terra

A ‘viola de 12 cordas’, ao chegar aos Açores, no século XV, assumiu caraterísticas comuns em todas as ilhas, mantendo os seus traços primitivos, mas foi adquirindo afinações e particularidades diferenciadas.

Assim, transforma-se no mais típico instrumento musical do arquipélago dos Açores, desempenhando ao longo dos tempos um papel importante nos cantares festivos, balhos, derriços, desgarradas, desafios e despiques e, por isso, adquire grande importância social e cultural na vida dos Açorianos.