en-US

Newsletter Outubro 2021

 

Candidaturas à Expo Açores – Artesanato, abrem a 18 de outubro

A Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, através do Centro de Artesanato e Design dos Açores (CADA), promove de 1 a 5 de dezembro a “Expo Açores Artesanato”, no Pavilhão do Mar em Ponta Delgada.

A iniciativa, primeira pós-pandemia, que visa valorizar o artesanato regional e potenciar a venda dos produtos das várias Unidades Produtivas Artesanais (UPA) participantes, contará com uma componente comercial da Marca Açores.

Assim, a mostra, que tem entrada gratuita, contempla 54 stands disponíveis para as empresas artesanais e seis espaços destinados à vertente gastronómica da Marca Açores.

A par da realização de wokshops e de um conjunto diversificado de atividades de animação, quer no interior quer no exterior do recinto, o evento pretende também dar visibilidade aos produtos certificados ao abrigo da marca coletiva Artesanato dos Açores.

O certame estará aberto ao público das 14h00 às 23h00, nos dias 1 e 4 de dezembro, das 18h00 às 23h00 nos dias 2 e 3 e das 14h00 às 21h00 no dia 5 de dezembro.

As candidaturas à Expo Açores – Artesanato, decorrem de 18 a 31 de outubro, exclusivamente online, e poderão ser efetuadas aqui.

Certificação e Proteção dos Produtos Artesanais

A Portaria n.º 111/2021 de 14 de outubro de 2021 regulamenta a marca coletiva de certificação “Artesanato dos Açores” para os produtos tradicionalmente manufaturados na Região e espelha bem a estratégia governamental para a transição digital, na medida em que marca uma nova etapa na certificação dos produtos artesanais, desde logo pela simplificação do processo jurídico e da respetiva informação e divulgação junto dos interessados. Esta portaria passa a ser documento único, dando enquadramento legal a todo um trabalho técnico de investigação e preparação do referido processo de certificação.

Os produtos manufaturados, que integram o Repertório Nacional de Atividades Artesanais, que se encontram certificados atualmente nos Açores são:

– Bordados típicos dos Açores;
– Rendas típicas dos Açores;
– Tecelagem tradicional dos Açores;
– Miolo de figueira dos Açores;
– Registos do Senhor Santo Cristo dos Milagres;
– Bolos lêvedos;
– Escama de peixe;
– Doçaria regional (queijadas de Vila Franca do Campo, bolos D. Amélia, espécies de S. Jorge, queijadas da Graciosa);
– Cerâmica dos Açores (figurado, olaria, faiança e azulejaria);
– Alfenim;
– Presépio de lapinha;
– Biscoitos de Orelha de Santa Maria;
– Cestaria dos Açores;
– Capacharia dos Açores;
– Empalhamento em vime dos Açores (mobiliário em vime ou similar);
– Chapelaria dos Açores;
– Confeção de Bonecas dos Açores;
– Fechaduras de madeira do Corvo;
– Viola da Terra;
– Boina de lã do Corvo;

As unidades produtivas artesanais inscritas no Centro de Artesanato e Design dos Açores, poderão facilmente consultar os requisitos correspondentes à sua área de produção com o objetivo de melhor avaliarem o seu interesse e enquadramento na certificação do seu produto e, por conseguinte, da vantagem na utilização do selo de origem e qualidade “Artesanato dos Açores”.

Se a sua área já é uma das certificadas poderá encontrar toda a informação no nosso site, onde está disponível a portaria, assim como os formulários necessários para a certificação. Para esclarecimentos pode contatar o CADA através do email cada@azores.gov.pt ou através do 296 309 100.