Residência Criativa

O projeto “Residência Criativa” promovido e organizado pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato, constitui mais um projeto de promoção e inovação do artesanato regional, onde se incentiva a criação de novos produtos.

Residência Criativa 2019

O projeto Residência Criativa em Cerâmica e Fibras Vegetais visa desenvolver experiências que reforcem a interculturalidade e a criação de novos produtos baseados nos recursos naturais, associando a inovação e a tradição, apostando na troca de saberes e de técnicas entre os artesãos açorianos e Cabo-Verdianos.

Esta iniciativa de âmbito regional, desenvolvida em parceria com a GRATER, explorou os recursos endógenos como o vime, a folha de dragoeiro, a espadana, a palhinha e o barro de Santa Maria, porque é essencial voltar a valorizar as matérias primas locais e a sua utilização no artesanato. Poderá ser invulgar a junção de duas áreas tão diferentes como é a olaria e as fibras vegetais, mas o CRAA quis desafiar os artesãos e os mentores convidados para a inovação.

Foram sete os artesãos que fizeram parte desta Residência. Aida Bairos, Cristina Bairos e Marina Mendonça da ilha de Santa Maria, Bento Silva da ilha de São Miguel, Aurélia Rocha e Manuela Medeiros da ilha Terceira e Luis Lopes da ilha de Santo Antão, em Cabo Verde. Assim, sob a orientação de Kathi Stertzig e Álbio Nascimento através da The Home Project Design Studio, surgiram peças de criação conjunta e com um enorme potencial económico produzidos com materiais e técnicas típicas da região com recurso com uma estética renovada.

IMG_7880 IMG_7923 IMG_7933 IMG_7937 IMG_7957 DSCF4145

Residência Criativa 2018

Esta Residência em particular visou a inovação e o reposicionamento do mercado da tecelagem de S. Jorge, valorizando uma produção artesanal de qualidade e origem certificada, desde o ano 2001 e, como tal, parte integrante de um património cultural a preservar.

O CRAA convidou a designer têxtil Paula Caria, com trabalho reconhecido a nível nacional e internacional, tendo desenvolvido várias coleções de moda com As Capuchinhas, Cooperativa de Artesanato que se dedica ao trabalho em burel.

Paula Caria trabalhou em conjunto com as artesãs da Cooperativa de Artesanato Senhora da Encarnação, apostando na criação, na qualidade, na diversificação e na diferenciação de alguns produtos mais relevantes da tecelagem açoriana.

É através de projetos como este que se atinge a credibilização das artes e ofícios, enquanto plataforma de afirmação de identidade e cultura, com medidas que melhorem as competências dos artesãos e promovam o desenvolvimento do artesanato regional, sublinhando a importância que devem assumir na dinamização da economia e turismo locais.

_MG_8208 _MG_8225 20180327_181801 20180327_182033 20180327_190539 20180327_191557

Residência Criativa 2017

Esta residência decorreu na ilha Terceira, e envolveu a participação de 2 unidades produtivas artesanais das artes do embutido e da madeira, nomeadamente Susana Almeida e Francisco Pereira, da designer de produto Susana António e a colaboração da Direção Regional do Ambiente e da Direção Regional dos Recursos Florestais.

As Residências Criativas do Centro Regional de Apoio ao Artesanato pretendem man­ter vivas as artes e ofícios tradicionais, divulgando as técnicas e os saberes de incalculá­vel valor cultural através de um novo olhar.

Numa época em que se fala tanto nos recursos endógenos fez todo o sentido que esta residência se sustentasse na tradição da arte do recorte e do embutido em madeira, já tão pouco difundida no arquipélago e que urge recuperar.

Através da criação de peças de pequena dimensão e recorrendo a madeiras como a criptoméria, a acácia ou faia, revela-se o potencial económico de objetos produzidos com materiais e técnicas típicas da região com recurso com uma estética renovada.

Identidade é e será sempre um motivo para o cruzamento e o diálogo entre disciplinas e o encontro das pessoas e desta partilha nascem peças. Esperamos que a exaltação dos dias criativos se instale para sempre no dia a dia dos artesãos.

IMG_2698 IMG_2706 IMG_2724 IMG_2757 IMG_2858 IMG_2897

Residência Criativa 2016

O Centro Regional de Apoio ao Artesanato (CRAA), promoveu de 14 de junho a 12 de agosto a Exposição Residência Criativa 2016, no Museu dos Baleeiros, na ilha do Pico. Esta iniciativa, resulta da 4ª. edição do projeto Residências Criativas, que tem como objetivo a criação de novos produtos, com uma componente artesanal significativa e diferenciadora, criando, através da integração dos produtos numa marca, sustentabilidade para o trabalho dos artesãos e atingir novos mercados.

Na 4º edição da Residência Criativa, o foco incidiu sobre a renda tradicional das ilhas do Pico e do Faial, através do segmento do vestuário, convidando para o efeito a designer de moda Silvia Teixeira. A minicolecção, Swing Lace, envolve 12 coordenados de peças de pronto-a-vestir, femininas e masculinas, refletindo a inspiração da designer no glamour dos anos 30, agregando de uma forma subtil a tradição e a inovação.

Os artesãos que acolheram o projeto e introduziram novas práticas às suas produções foram Ana Baptista, da ilha do Faial, Alzira Neves, Conceição Neves e Arménio Goulart, da ilha do Pico.

DSCF4267 DSCF4319 DSCF4383 DSCF4670 IMG_7029 IMG_7063

Residência Criativa 2015

O CRAA está a promover, em parceria com a Universidade do Minho, a 3.ª edição da Residência Criativa, nas ilhas Terceira e Graciosa, que aborda a temática do bordado a branco, típico daquelas ilhas, com o objetivo de projetar a imagem daquela atividade artesanal. Esta edição pretende criar uma marca e dar visibilidade, nos mercados nacional e internacional, a produtos de vestuário e de lar, para um público que aprecie, não só a excelência, mas também, a cultura e a tradição. Foi constituída uma equipa para implementar, gerir e difundir a marca no mercado, aumentando a visibilidade do Artesanato dos Açores e dinamizando a economia local.

PEPE BRIX PEPE BRIX PEPE BRIX PEPE BRIX PEPE BRIX PEPE BRIX

Residência Criativa 2013

A Residência Criativa 2013 teve como objetivos gerais a criação de uma coleção de peças de artesanato inovadoras, ligadas à tecelagem artesanal, incidindo na área da tecelagem de repasso e trapo. Num formato diferente da 1ªedição, atendendo às especificidades da área artesanal e do público-alvo, para esta edição foram convidadas duas criativas, Joana Dias e Teresa Gameiro, que criaram linhas de produtos ligados à moda e casa-lar, em parceria com a Cooperativa de Artesanato de Santa Maria. A tecelagem em Santa Maria tem grande tradição contudo, o produto encontra-se desvalorizado e pretendeu-se, através desta edição da Residência, reativar a tradição com novos valores da estética contemporânea, captando novos nichos de mercado.

rc1 rc2 rc3 rc4 rc5 rc6

Residência Criativa 2012

A grande aposta do CRAA na inovação dos saberes tradicionais foi feita através da 1ª Residência Criativa 2012, na qual se potencializou o artesanato da ilha do Pico através da única escola de artesanato da Região, a Escola Regional de Artesanato de Santo Amaro. Esta residência incidiu, sobretudo, sobre as técnicas da palhinha de trigo e a escama de peixe, com o objetivo maior de revitalizar técnicas em extinção, como também inovar as existentes, aproveitando o saber-fazer dos artesãos locais, criando-se novas linhas de produtos economicamente viáveis. Foram a concurso e selecionados os 5 melhores projetos artesanais a desenvolver em conjunto com os artesãos, durante 2 meses de estadia na ilha do Pico.

rc01 rc02 rc03 rc04 rc05 rc06